home » blog

Passo a passo: Como mudar a planta de vaso

21 Apr, 2023

1. Quando transplantar uma planta?

Pode haver vários motivos para a tua planta precisar de ser transplantada. Cada planta tem necessidades muito específicas mas, no geral, todas elas vão dando sinais daquilo que precisam e a transplantação não é excepção.

Por exemplo, quando vires que a tua planta está demasiado grande para o vaso onde está é sinal de que precisa de ser mudada para um vaso maior e, antes que comece a dar outros sinais, deves mudá-la. O mesmo acontece quando as raízes começam a sair pelos furos de drenagem do vaso de produção. Isto indica também que a planta está a precisar de mais espaço para crescer e que, por isso, deves mudá-la para um vaso onde possa crescer com mais espaço.

Outro sinal que não deves ignorar é a qualidade do solo, da terra. Quando reparares que a terra onde tens a tua planta está a ficar muito compacta e seca, ou quando notares que a água não penetra na terra e escorre pelas laterais é sinal que a tua planta precisa de ser transplantada e que o solo onde está já não tem qualidade e não está a dar-lhe aquilo de que precisa. Deves estar atento à tua planta e observá-la atentamente para não deixares escapar nenhum sinal.

transplantar plantas bioma plantas mudar planta de vaso

 

2. Como preparar a planta e o vaso para o transplante

Na hora do transplante há, também, coisas importantes que precisas de saber. O tamanho do vaso, a qualidade do solo, a drenagem ou a preparação da planta antes do transplante são passos importantes que não deves deixar para trás. O novo vaso deve ser entre 5 a 7 centímetros maior que o vaso onde tinhas a planta, assim garantes que tem espaço suficiente para que a tua planta cresça saudável. 

Os furos de drenagem têm, também eles, um papel bastante importante já que são eles os responsáveis pela drenagem do excesso de água que a tua planta possa ter. Se o vaso não tiver furos de drenagem deves usar outros materiais que garantam que o solo não fica encharcado, como a argila expandida, por exemplo. 

O solo é um dos elementos fundamentais para a saúde das plantas e há solos com nutrientes específicos para determinado tipo de plantas, por isso, na hora de mudares a tua planta de vaso, certifica-te de que escolhes o substrato mais adequado para ela.

Por último, é também muito importante preparar a planta para o processo de transplantação. Este processo provoca sempre algum stress nas plantas por isso, uma boa hidratação nos dias anteriores à transplantação vai garantir que a tua planta resiste a este processo com menos complicações. 

 

3. Como transplantar a planta

O processo de transplante é, na verdade, a parte mais simples e que exige menos cuidados, no entanto, há algumas dicas que deves seguir para que este momento não seja um momento de stress para a tua planta.

O primeiro passo é a remoção da planta do vaso em que está. Aqui deves ser cuidadoso para não danificares as raízes. Em seguida, já no vaso novo, deves cobrir o fundo com uma pequena quantidade do substrato adequado para a tua planta.

No próximo passo deves colocar a planta no novo vaso e cobri-la com mais substrato de forma a que o vaso fique bem preenchido e a planta bem aconchegada. Em seguida, de forma a fixar a planta para que não saia do sítio, deves pressionar a terra firmemente em volta da planta. Assim garantes que a tua planta está segura e bem aconchegada.

Para concluir, deves regar a tua planta após todo o processo e já está.

transplantar plantas bioma plantas mudar planta de vaso

 

4. Cuidados após o transplante

Depois da transplantação há ainda alguns cuidados que deves ter para garantires que a tua planta passa por todo o processo tranquila e sem stress, para que depois possa crescer saudável e viçosa. O local onde colocas a tua planta depois do transplante é muito importante. Nos dias que se seguem, a planta não deve ficar diretamente exposta à luz do sol, por isso deves escolher um sítio adequado longe da luz directa do sol. 

A rega continua a ser fundamental, no entanto, deves ter cuidado para não encharcar a terra.

Relativamente à fertilização, apesar de ser um cuidado muito importante para a saúde e longevidade das plantas, deves evitar fazê-la pelo menos nos quinze dias que se seguem à transplantação.

Por fim, nunca é de mais dizer que a observação é um dos passos fundamentais para mantermos as nossas plantas saudáveis. Todas as plantas dão sinais quando não estão bem, seja por que motivo for, e cabe-nos a nós o cuidado de as observar regularmente e cuidadosamente para garantirmos que elas estão bem e, neste caso, que estão a adaptar-se bem à nova casa.

transplantar plantas bioma plantas mudar planta de vaso

Simples, verdade? Agora escolhe os teus vasos favoritos, os melhores substratos e põe mãos à obra!

NEWSLETTER

Recebe todas as novidades, promoções e dicas para cuidares das tuas plantas.

Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Se continuar a navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais