home » blog
5 Dicas e cuidados com plantas de interior durante o Verão

5 Dicas e cuidados com plantas de interior durante o Verão

Devido ao seu ritmo de crescimento nesta estação, existe um elevado consumo de nutrientes e minerais que tem que ser compensado, entre outros cuidados necessários, com adubos e/ou fertilizantes indicados, de preferência biológicos, de forma que as plantas permaneçam saudáveis durante toda a época, mesmo quando vamos de férias.



1. Mantém as plantas hidratadas

Ao contrário das outras estações do ano, no verão, as plantas necessitam de ser regadas com maior regularidade. As folhas enroladas, as pontas amareladas e a textura enrugada são sinais de que a tua planta está com falta de água. A altura ideal para realizares a rega das tuas plantas, sejam de interior ou exterior, é no início da manhã ou no final do dia, pois é quando o sol está menos intenso. 

Nos dias de muito calor, plantas como os fetos poderão precisar mesmo de regas diárias ou de 2 em 2 dias, dependendo da temperatura e luminosidade do local onde se encontrem. No entanto, verifica sempre o estado da terra antes de regares. Mesmo estando muito calor, as plantas podem sofrer consequências por causa do excesso de água. Se vais de férias este verão e não sabes como cuidar da rega das tuas plantas, o idris é a solução ideal pois permite-nos manter as plantas com a quantidade de humidade certa no solo durante 10 a 15 dias.



2. Cuidado com o sol direto

O verão é a altura do ano mais quente e luminosa, o que é ótimo para as plantas de interior. No entanto, a luz solar direta e as altas temperaturas também podem ser um problema. O sol direto durante longos períodos pode causar manchas amareladas ou acastanhadas nas folhas das plantas de interior, por isso, se tens as tuas plantas perto de uma janela, principalmente virada a sul, talvez seja melhor procurares afastá-las ou colocar uma cortina entre elas.
As plantas de interior gostam de luminosidade e, sempre que têm oportunidade procuram-na. Se as folhas da tua planta estão todas viradas para o mesmo lado e a própria planta está inclinada na direção da luz solar, está na hora de rodar o seu vaso. Faz isto com alguma regularidade, assim todas as folhas terão a luminosidade que precisam. 
Plantas à janela com exposição solar direta por longos períodos podem ganhar manchas amareladas ou acastanhadas.


3. É altura para fertilizá-las

Se não começaste a fertilizar as tuas plantas de interior na primavera, não te preocupes, ainda vais a tempo! O verão é igualmente uma ótima altura para o fazeres.
Fertilizar as tuas plantas de interior é muito importante para mantê-las saudáveis a longo prazo. Além de potenciarmos o crescimento delas, vamos dar-lhes os nutrientes que elas necessitam para aguentarem os invernos rigorosos que se fazem sentir no nosso país, bem como outras situação de stress provocadas por essa estação.
O fertilizante universal biológico é sempre a opção mais inteligente porque pode ser aplicado em todas as plantas da casa, sejam de interior ou exterior, sempre com responsabilidade ambiental. Caso alguma planta de interior passe por períodos de seca, por exemplo quando vamos de férias, e esteja debilitada, o ideal será optar-mos por um fertilizante biológico para plantas debilitadas.


4. Afasta-as do ar condicionado

Tens ar condicionado em casa e adoras ligá-lo a toda a hora, mesmo quando sais de casa? Se sim, evita fazê-lo, as tuas plantas de interior vão agradecer-te! O ar refrescante que o ar condicionado nos dá pode ser ótimo para nós, mas prejudicial para as nossas plantas de interior, principalmente se estiverem próximas dele ou na direção da corrente de ar. Evita ter as tuas plantas de interior próximas do ar condicionado ou, se possível, noutra divisão.
Os cactos e suculentas preferem ambientes quentes e secos e o ar condicionado proporciona-lhes exatamente o contrário. Quanto à maioria das outras plantas, sejam calatheas, ficus ou sansevierias, sendo provenientes de países tropicais, a combinação perfeita dá-se quando o ambiente está quente e húmido. Para aumentares os níveis de humidade podes fazê-lo com a ajuda de um humidificador ou então agrupando-as num só local. Pode ser estranho agrupar as plantas de interior quando estamos em casa, mas faz todo o sentido principalmente quando estamos fora durante longos períodos.


5. Coloca-as pontualmente no exterior 

Durante o verão, as plantas de interior poderão beneficiar com a passagem de algum tempo no exterior. Por isso, se tens algum tempo livre em casa, começa por levar as tuas plantas de interior para o exterior pontualmente. Porquê pontualmente? Porque não vais querer que as tuas plantas sofram com mudanças repentinas de temperatura, correntes de ar ou raios solares diretos. Coloca-as num local que faça sombra e, com o passar dos dias, move-as para locais mais luminosos, evitando sempre o contacto direto com o sol. Lembra-te que os locais sóbrios do exterior equivalem aos locais luminosos do interior.

NEWSLETTER

Recebe todas as novidades, promoções e dicas para cuidares das tuas plantas.

Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Se continuar a navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais